Notícias
Prémio para melhor artigo científico em Biologia Evolutiva | Emanuele Fasola é co-orientado por membro do CEF

O jovem investigador italiano Emanuele Fasola, aluno de doutoramento co-orientado por Rui Ribeiro, do CFE, recebeu o prémio para o autor do melhor artigo científico em Biologia Evolutiva no biénio 2014/15. Fasola é do CESAM, tendo como outra co-orientadora Isabel Lopes, também do CESAM.

Este prémio é atribuído pela Società Italiana di Biologia Evoluzionistica.

O artigo "Microevolution due to pollution in amphibians: A review on the genetic erosion hypothesis" foi publicado em 2015, na revista científica Environmental Pollution, sendo co-autores o premiado e os seus dois co-orientadores de doutoramento.

A nível mundial, aproximadamente 40% das espécies de anfíbios (rãs, sapos, relas, salamandras, tritões, etc) estão em declínio e quase 30% estão "criticamente ameaçadas" de extinção. A par da destruição de habitats, doenças, introdução de espécies exóticas, também a poluição é considerado como um importante fator para este declínio global.

Uma das várias consequências da contaminação ambiental é o empobrecimento da diversidade genética das populações locais de anfíbios. A perda de diversidade genética pode acarretar uma menor capacidade para estas populações enfrentarem com sucesso futuras alterações ambientais, nomeadamente os decorrentes de alterações climáticas globais.

Este artigo compila os conhecimentos até à data sobre as causas e consequências desta "erosão genética" em populações de anfíbios e alerta para a necessidade de dar mais atenção a este aspeto nos programas de conservação de populações de anfíbios.